sexta-feira, 27 de julho de 2018

Achigã

Para o Roberto Gamito


Trabalho de Max Walter Svanberg


Há um enigma suspenso
pairando sobre a descrença
de quem se debate
esse jogo de cintura
forjar ou fingir
o fôlego
respirar ao contrário
injectar abismos
nos cantos perdidos
do ângulo de visão
abrir o beco à barragem
cair a pique
planar no fundo
escapando
por uma unha negra
com um pára-quebras
chamado solidão

Há um reflexo na retina
do pescador (uma vida velha)
a obsessão pela sinalética retida:
o alegre letreiro informativo:
transgressão

Sem comentários:

Enviar um comentário