quinta-feira, 22 de novembro de 2018

18 Anos



18 anos
noutra terra atrás
a Fortuna tenra
urdia ainda as suas teias
a meu favor diria o estóico
percebi pelo meio das montanhas
que umas pernas se  abriam ao signo
da palavra vida
uivos para
uma outra vinda
quase pronta
toda troca
nutrientes por tesouros
leite por lótus
calor por candura
uma alma amanhecendo
na tarde dolorida
carris paralelos
principiando a viagem
do comboio sem freio
na urgência
do Amor










segunda-feira, 19 de novembro de 2018

O Grande Escultor




O Tempo
desbravando a carne
supérflua
direito aos ossos
libertando o esqueleto:
a escultura no interior
do corpo

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

MOJAVE




De certo o deserto
desacerto
de película pouco credível
a luta entre dois galos
era o início
a malignidade gratuíta
o verbo
a propensão para a fantasia
um Burning Man

he looked like Jesus
não o nazareno
mas o ícone ocidental
personagem pseudo principal

o Diabo queria ser Hamlet
(deserto ou não deserto?)
luta de verbos
corpos cravejados de vocábulos
sacos de químicos explosivos
no fim
morreu o que mais sofria
de excesso de literatura
o homem de Shakespeare:
projecto de belzebu
baleado à  traição
por pseudo Jesus o
verdadeiro satanista




domingo, 4 de novembro de 2018

espúria

Gravura de Konstantin Kalynovych



é uma pena meu irmão
executivo
vociferas
alvísseras à execução
sendo eu filha espúria
mordendo-me a mão
segues
desde tenra idade
na era do bruxismo
cedes
já Sansão era capital
esconsa
e cabeleira esquecida
a pesquisa à cadeira
electrica chamada em vão
desejo meu irmão
como pena espúria
Dalila foi idem
danosa capital
consultados documentos
de pitéus e predicados
a última ceia é nula
vazio vai o estômago
para a grande noite
cegos
em cela fundo e escuro
é o poço onde se joga
à bajulação heráldica
no corredor da morte
cresce a urina no chão
os deuses não esperam
tergiversam abundantes
o meu espúrio coração
mordendo menos um dente
rosnas meu irmão
sede
trabalhos humedecem
sebes
morde quem não sabe beijar
servos sempre
olhos no chão