segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Aparição

Foto de Tamsin Swait


Era de noite
e não fui autorizada 
a contemplar o teu corpo
como seria devido

o tempo breve foi 
avidamente gasto pela pele
a invadir a pele

o olhar ficou em falta
não se permitiu demorar 
nos contornos da carne

todas as imagens 
foram fotografias 
subtraídas à memória

foi sempre de noite
mesmo quando havia Sol
cada fugaz encontro 
era um retrato 
roubado à investida

entender o fulcro 
da aparição é recorrer
ao arquivo 
da polpa dos dedos

ficaram marcados 
pelo relevo dos ossos
emergindo à superfície


o tacto resgatou 
o território do diálogo
a confirmação de uma escultura
adivinhada na escuridão

um escudo no quiasma óptico
máquina de filmar sem luz
um sequestro irreparável
de negativos 
ondulados pelo calor


Sem comentários:

Enviar um comentário