sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Séneca senão Seixas









Séneca senão
Seixas
Séneca sacando a cruz
contra o espírito hesitante
o que existe sem ritmo próprio
o que se retrai em casa
expandindo-se na rua
Séneca denunciando a vida
como um jogo ilícito
a farsa da variedade de atitudes
e terás de querer e não querer
sempre a mesma coisa
ó projecto de sábio

Seixas senão
Séneca
Seixas cancela a cruz
que prega o homem à sua identidade
Seixas constrói as próprias histórias
diariamente se instila
no ambulatório da metamorfose
uma estrela amanhã brilha
e hoje se apaga
É tão chato ter aquela velha
opinião formada sobre tudo
sobretudo sobre o Amor
e sobre tudo tudo tudo

Sem comentários:

Enviar um comentário